>
#ProfissãoRIG: 3 características essenciais do profissional de RIG

#ProfissãoRIG: 3 características essenciais do profissional de RIG

A atividade de Relações Institucionais e Governamentais é de extrema importância no processo político. Destacamos 3 características que um Profissional de RIG deve ter.

Apesar de ter sido reconhecida pela CBO (Classificação Brasileira de Ocupações) apenas em 2018 e ainda não ter sido regulamentada, a atividade de Relações Institucionais e Governamentais é de extrema importância no processo legislativo, e político como um todo. O Profissional de RIG (ou Relgov) é responsável por pensar estrategicamente, debater propostas políticas e promover a relação entre o poder público e a organização ou setor que representa, podendo atuar em diversas fases do processo de construção de novas decisões que afetam diretamente a vida das pessoas e/ou as atividades de empresas.

Trazer dados e fatos relevantes para que o legislador ou os Stakeholders compreendam melhor os impactos da medida em análise, e sugerir alterações no projeto em discussão são atividades frequentes na rotina de quem atua com Relações Institucionais e Governamentais. A seguir, destacamos 3 características fundamentais que o Profissional de RIG deve ter:

1- Comunicação Assertiva

É fundamental que o Profissional de RIG saiba se comunicar de forma adequada ao ambiente em que está inserido. Apresentar suas ideias de maneira clara e objetiva, ou seja, seu discurso deve ser de fácil compreensão e sem fugir do assunto principal. Falar ‘’com muitos rodeios’’ pode gerar dúvidas em quem está ouvindo, além de aumentar as chances de distração da audiência.

Outro ponto importante é a responsabilidade com o conteúdo da mensagem. Apresentar opiniões pessoais como verdades absolutas, dar informações incorretas ou incompletas desmoralizam seu discurso e diminuem sua credibilidade. 

2- Resiliência 

Considerando um cenário político-regulatório tão ativo quanto o do Brasil, estar atento às mudanças e ter capacidade de se adaptar à elas é essencial para a profissão. É necessário identificar riscos e oportunidades constantemente, se planejar, criar planos de ação para diversas possibilidades - e estar consciente que poderá ter que fazer tudo novamente devido a alguma situação que não estava em suas previsões. 

Em resumo, a cada movimento dos órgãos públicos, seja uma iniciativa de projeto de lei, um discurso no Plenário ou até mesmo uma declaração nas redes sociais, sempre há riscos e oportunidades, cabendo ao Profissional de RIG identificá-los e pensar estrategicamente em soluções.

3- Proatividade

Estar atualizado quanto aos projetos que impactam seu setor de atuação é fundamental para reconhecer tendências, antecipar riscos e reconhecer janelas de oportunidade e defesa de interesses. Monitorar as iniciativas políticas, comparecer a eventos e ter relacionamento com os Stakeholders são atividades que fazem parte das atribuições da profissão de Relações Institucionais e Governamentais.

É bastante comum que empresas de grande porte e instituições como associações, federações, etc. lidem com muitas frentes regulatórias, que facilmente podem apresentar conflitos de interesses. O Profissional de RIG terá que buscar soluções para equilibrar suas demandas, e para isso, é necessário conhecer bem a temática e os Stakeholders envolvidos para negociar suas exigências e limitações.

Dica extra: Utilize a tecnologia a seu favor! Acesse o Nomos e crie sua conta gratuitamente para conhecer e monitorar projetos relevantes para o seu setor. Fique por dentro de tudo o que acontece no Congresso Nacional, nos órgãos públicos, e nas redes sociais dos parlamentares.

autor

Layane Monteiro
Analista Política e Criadora de Conteúdo Nomos

Meet Other Mentors

Ver todas as publicações

Redução da Taxa Selic

Copom anuncia redução de 0,5% da Selic. CVM vê com otimismo a queda da taxa de juros.

#PoliticasPublicas #RiscosRegulatorios #RelacoesGovernamentais #rig #relgov #governofederal #governobrasileiro #economia

Entendendo a MPV 1154/2023

O que é a Medida Provisória 1154/2023, quais são as principais mudanças na estrutura do governo e a repercussão de sua aprovação.

#PoliticasPublicas #RiscosRegulatorios #RelacoesGovernamentais #rig #relgov #governofederal #governobrasileiro #politica #economia

Audiências Públicas: o que são, para o que servem e como participar?

Entenda o que são, quais são os objetivos e como fazer parte deste importante instrumento de democracia e participação popular.

#PoliticasPublicas #RiscosRegulatorios #RelacoesGovernamentais #rig #relgov #governofederal #governobrasileiro #politica

potencialize a gestão regulatória da sua empresa
Beforeyousine CTA decoration