>
#Nomos na Mídia: Fórum de Brasília by Arko Advice

#Nomos na Mídia: Fórum de Brasília by Arko Advice

Nos dias 21 e 22 de novembro, o Fórum de Brasília, organizado pela Arko Advice e com o apoio Nomos, contou com a presença de grandes nomes da política brasileira.

Nos dias 21 e 22 de novembro, o Fórum de Brasília reuniu autoridades parlamentares, empresários e representantes de diversos setores, para discutir desafios e oportunidades em diversos painéis como Reforma Tributária, Desenvolvimento Sustentável, Infraestrutura e Agenda Legislativa de 2024.

O evento, organizado pela Arko Advice e com o apoio Nomos, contou com a presença de grandes nomes da política brasileira, como o relator da Reforma Tributária na Câmara dos Deputados e deputado federal, Aguinaldo Ribeiro (PP-AL); o ministro do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome, Wellington Dias (PT); e o vice-presidente da República e ministro da Indústria, Comércio e Serviços, Geraldo Alckmin (PSB).

Confira os principais momentos do Fórum Brasília:

O vice-presidente da República e ministro da Indústria e Comércio e Serviços, Geraldo Alckmin (PSB), iniciou o Fórum de Brasília.

Em sua fala, Geraldo Alckmin classificou o Brasil como “grande protagonista” nas três principais agendas no mundo: segurança alimentar, segurança energética e clima.  Segundo Alckmin, a perspectiva é que o Brasil tenha ainda mais participação no cenário global a partir do progresso de uma “agenda de competitividade”. Para ele, os projetos em tramitação no Congresso Nacional, como energia eólica Offshore, mercado regulado de carbono e reforma tributária, aumentarão o volume de investimentos no país.

Ministro do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome, Wellington Dias (PT), Paulo Henrique Costa (CEO do Banco BRB) e Murillo de Aragão (CEO da Arko Advice). Foto: Roberta Aline/MDS.

O ministro Wellington Dias (PT), analisa que as reformas, como por exemplo a Reforma Tributária, são fundamentais: “A queda dos juros também ajuda, com menos encargos da dívida interna, a garantir não só equilíbrio fiscal, como uma maior capacidade de investimento”.

Em sua fala, o ministro defendeu que programas de transferência de renda e segurança alimentar, aliados à valorização do salário mínimo e ao crescimento do emprego foram apontados como alicerces para que o Brasil tivesse o maior número de pessoas saindo da pobreza e entrando na classe média de sua história.

“Quando você coloca o critério de reajuste do salário mínimo com base no crescimento do PIB, você tem uma base real, que impulsiona a própria economia, não só para quem ganha salário mínimo”, acrescentou Wellington Dias.  

O relator da reforma tributária na Câmara, deputado Aguinaldo Ribeiro, a professora Bianca Xavier, o governador Helder Barbalho e professor Murillo de Aragão
O relator da Reforma Tributária na Câmara dos Deputados, deputado Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), a professora e doutora em Direito Tributário pela Pontifícia Universidade Católica (PUC/SP), Bianca Xavier, o governador do Pará, Helder Barbalho (MDB-PA) e o CEO da Arko Advice, Murillo de Aragão. Foto: Marco Santos/ Ag. Pará.

Em sua fala, o governador Helder Barbalho diz acreditar que, apesar de tardia, a reforma é fundamental para permitir o avanço, desenvolvimento e resolução de debates históricos.

“A maturidade política do Brasil, a maturidade política da sociedade brasileira, que liderou este processo e fez chegar aos ouvidos da Câmara, do Senado e, principalmente, do Poder Executivo, a necessidade de construir um novo Pacto Tributário. Certamente, eleva a qualidade tributária do Brasil e permite que as próximas gerações possam colher o fruto desse legado”.

Esteja próximo aos principais stakeholders que atuam nos seus temas de interesse e saiba de todas as movimentações dos projetos que impactam o país. Com a Nomos, sua equipe monitora e gerencia dados regulatórios do Executivo e Legislativo em todo o país, mantendo-se à frente na defesa dos interesses do seu negócio!

autor

Layane Monteiro
Analista Política e Criadora de Conteúdo Nomos

Meet Other Mentors

Ver todas as publicações

7 de Setembro

Saiba mais sobre o Dia da Independência do Brasil e as expectativas para o feriado nacional.

#PoliticasPublicas #RiscosRegulatorios #RelacoesGovernamentais #rig #relgov #governofederal #governobrasileiro

PL e PEC: qual é a diferença?

PL e PEC são termos muito usados na Legislação brasileira, mas afinal, qual é a diferença entre eles? Explicamos nesse post tudo o que o profissional de RIG precisa saber!

#PoliticasPublicas #RiscosRegulatorios #RelacoesGovernamentais #rig #relgov #governofederal #governobrasileiro #politica

Direito e Tecnologia: O impacto das novas tecnologias no setor jurídico

Estudo mostra que advogados estão abertos ao uso de tecnologias.

#PoliticasPublicas #RiscosRegulatorios #RelacoesGovernamentais #rig #relgov #governofederal #governobrasileiro #politica #InteligenciaArtificial #IA #legislacao #regulamentacao

potencialize a gestão regulatória da sua empresa
Beforeyousine CTA decoration